Minha alma vive em um mundo e meu corpo em outro.

Minha percepção influencia meu raciocínio e prevalece sobre ele.

Decodifico sinais próximos do que que é certo para mim, mais as pessoas insistem em não respeitá-los como sendo o correto.

Tento me posicionar de forma a não desrespeitar meus princípios, que nem sei de onde vieram.

Acredito no simples, no bem, na fraternidade, no direito de ser feliz, em amar e ser amado, no amor incondicional.

Quando eu penso que acertei… Descubro que errei feio.

É assim que acontece nesse mundo no qual me encontro…

É um mistério…

Acredito no direito à felicidade e felicidade para mim é:
_ Falar aquilo que se pensa e viver aquilo que se fala.

Independente das forças contrárias existentes nesse mundo, vou continuar lutando pelo que acredito, não aceito desistir nessa altura do campeonato.